DIAGNÓSTICA . biologia molecular

A DMED oferece a melhor tecnologia em biologia molecular.

BD max . Equipamento para diagnóstico molecular

Fabricante: BD

Equipamento de módulo único que realiza em uma única sala em até 2,5 horas a automação da extração de ácidos nucleicos, seguida da detecção por PCR em Tempo Real de um alvo específico presente em amostras como soro, plasma, urina, LCR e fezes.

Possibilidade de processamento e análise de até 24 amostras simultaneamente em duas racks independentes. Presença de leitor externo de código de barras para permitir a rastreabilidade de todos os tubos de amostras e reagentes e integração ao sistema de gerenciamento de informação do laboratório (LIS), além de dois termocicladores integrados e independentes com capacidade de 24 testes cada passíveis de realizar gradiente de temperatura para análise da PCR em Tempo Real, utilizando cartuchos microfluídicos.

Garantia: 2 anos.

Autoclart® plus

Fabricante: Genomica

Automação pós-PCR da que combina os processos de exibição de amostras com um leitor de matriz.

A interface nova e aprimorada permite programar diferentes maneiras de processar amostras, mantendo a facilidade do sistema plug and play. Durante sua operação, o equipamento mostra telas diferentes, permitindo fácil monitoramento passo a passo. Um equipamento ideal para laboratórios clínicos.


Tecnologia CLART®

Plataforma baseada em microarrays de baixa densidade para uso clínico que permite a detecção múltipla de alvos em um único teste. O processamento das amostras é muito simples e a análise dos resultados é realizada automaticamente por meio de software e um leitor automático que torna essa técnica uma ferramenta fácil de usar, permitindo implementação desta tecnologia em todos os tipos de laboratórios de diagnóstico molecular.

CLART® HPV4

Fabricante: Genomica

É uma linha de produtos de diagnóstico in vitro para a detecção e genotipagem de diferentes tipos de Papilomavírus Humano (HPV) usando multiplex PCR e posterior visualização em matrizes de baixa densidade.

Os produtos CLART® HPV4 são capazes de detectar genótipos do vírus Papiloma de alto e baixo risco em um único teste, com alta sensibilidade e especificidade. A linha também garante a qualidade dos resultados, incorporando vários controles internos em cada teste (extração, amplificação e visualização).

CLART® ENTHERPEX

Fabricante: Genomica

É um produto de diagnóstico in vitro que detecta a presença de 8 vírus herpes humanos e os 3 vírus da família Enterovírus mais importante do ponto de vista clínico humano, através da nossa plataforma de matriz de baixa densidade.

CLART® ENTHERPEX baseia-se na amplificação de fragmentos específicos do genoma viral por RT-PCR e subsequente hibridação com sondas de captura em matrizes específicas. Isto implica uma série de vantagens:

  • Alta sensibilidade permitindo a detecção de quantidades mínimas de DNA. Esta é uma grande vantagem em amostras clínicas em que a quantidade de moléculas de vírus é escassa.
  • Detecção simultânea de múltiplos vírus presentes na mesma amostra.
  • Rápido já que os resultados da análise são obtidos em 8h.

CLART® PneumoVir

Fabricante: Genomica

Produto de diagnóstico in vitro, com detecção e genotipagem de vários vírus que causam infecções respiratórias, simultaneamente por PCR multiplex e subsequente visionamento em matrizes de baixa densidade pela tecnologia CLART®.

CLART® PneumoVir têm sensibilidade e especificidade superiores a 90% devido, entre outras coisas, à presença de 120 sondas impressas na matriz que permitem a identificação, pelo menos triplicada, de cada vírus.

CLART® STDs

Fabricante: Genomica

Produto de diagnóstico in vitro para a detecção e identificação de bactérias, fungos e parasitas que causam infecções no trato urogenital humano. A técnica utilizada baseia-se na nossa tecnologia CLART ® e inclui amplificação da amostra por PCR multiplex e visualização subsequente em matrizes de baixa densidade.

O uso de técnicas moleculares na detecção de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) limita as principais desvantagens dos métodos convencionais de detecção, entre outros:

  • Variações na sensibilidade dependendo da técnica usada.
  • Limitações no cultivo e transporte de alguns microrganismos.
  • Variações nos títulos de anticorpos associados a terapias antirretrovirais.